7 passos para estar diante do cordeiro

1-      Humilhe-se (arrependa-se) na presença do Senhor

1 Pedro 5, 6-7 – Humilhai-vos...
Lucas 18, 9-14 _ Parábola do fariseu e do publicano

2- Confesse seus pecados, pelo nome, sem generalizá-los:

Hebreus 5,1-4
            O Espírito Santo nos convence do pecado, portanto, em nossa oração pessoal deixemos que Ele vá revelando e/ou recordando nossos pecados ainda não confessados.  Se achar necessário escreva num papel.
Não justifique nem jogue para os outros suas culpas e faltas.
O arrependimento é sinal que deve estamos de coração contrito diante do Senhor: Sl 50

3- Exponha ao sacerdote seus pecados

Pecado confessado é pecado perdoado!  A confissão nos liberta de prisões interiores e situações que geram bloqueios espirituais, emocionais e até mesmo corporais.
Jeremias 32,33-34

4- Apresente-se Diante do Rei pelo Louvor e seja um Adorador

Louvamos o Senhor pelo que Ele É e faz, louvor é a chave que abre nosso coração para que a glória de Deus nele se manifeste; uma vez que somos Templos do Espírito Santo.
Se queremos mover e deixar o Espírito agir no sobrenatural, devemos louvar e bendizer o santo nome de Deus em todas as ocasiões. O louvor e adoração agem com mais rapidez nos momentos da oração quando estamos clamando!

Salmo 39,1-4
Salmo 99,4
Atos 16,22-26
1 Tess  5,16-20
Adoramos o Senhor pelo que Ele É, a adoração e a contemplação são as formas mais sublimes de intimidade com Deus.
Salmo 41,3

5- Cale-se para escutar o Senhor

            Após os momentos de louvor, adoração e contemplação, devemos silenciar para escutar o Senhor.
1 Samuel  3,1-10
            O Espírito Santo abre nosso nossos ouvidos, olhos, espirituais para nos dar direção, consolo, exortação, edificação, etc. O intercessor que não consegue fazer o exercício da escuta na oração pessoal não terá maturidade para vencer grandes batalhas e atuar numa oração comunitária com discernimento, humildade, equilíbrio, bom senso, etc...
            Toda virtude antes foi disciplina e escuta!
            Peça ao Senhor para que apure seu olhos e ouvidos espirituais e que te conceda sensibilidade espiritual para que ter discernimento de ouvir a voz de Deus e não ser confundido pelo humano ou pelo inimigo!

6- Assuma a postura de guerreiro e traga a presença do Senhor para os alvos da intercessão

            Nesse momento podemos nos considerar preparados e capacitados pelo Espírito para a batalha da oração de intercessão.
            O Espírito Santo irá trazer ao sua mente ou a equipe que estiver orando situações, pessoas, famílias, grupos, paróquias, comunidades, nações, etc. Que necessitam de oração.
            Esse mesmo Espírito irá revelar como orar como convém, mediante o exercício dos carismas: oração em línguas, discernimento, palavra de sabedoria, palavra de ciência, profecia, visualizações.
            Salmo 90,9-13
            Quando esta oração de intercessão ocorrer em equipe, ela sempre deverá ser partilhada e discernida pelo mesmo! Equipe de intercessão é escuta, partilha e ação em unidade, com ordem e sem autoritarismo!
            Autoridade Espiritual ≠ Autoritarismo

7- Encerre sua oração agradecendo como se já tivesse sido atendido nas petições

            Agradeça a Deus e novamente, louve, adore e glorifique o santo nome do Senhor. A ação de graças é o reconhecimento que todas as coisas concorrem para o bem daqueles que amam a Deus e que estão buscando seguí-lo fielmente!
            Marcos 11,24

One Response so far.

  1. Mi says:

    Muiiiiiiiiito legal.... Amei o artigo!

    Deus abençoe a todos...



    Michele Brasil

Leave a Reply

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...