Desperta tu que dormes!

“Desperta, tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos”. (Ef 5,14).
Segundo o Dicionário Aurélio, sono é o estado de uma pessoa cuja sensibilidade e atividade ficam suspensas; adormecimento, repouso. Mas, a que tipo de adormecimento faz referência a citação bíblica supra? Seria ao sono natural o qual tem sua definição no Aurélio? Seria uma alusão ao sono profundo, expressão usada para designar a morte física? Ou, seria ainda ao sono espiritual, aquele que tanto tem dificultado e impedido que o homem desenvolva seu relacionamento com Deus, gerando nestes, a cegueira para que não reconheçam o "tempo favorável"?(2Cor6,2), Que os faz recusarem viver à sombra do Onipotente, procurando viverem sob a escuridão da noite (Is 60,2).

Dos três tipos de sonos mencionados, o sono espiritual que na verdade deixa de ser sono, torna-se o pior dos pesadelos para os cristãos. Todo o seu alto poder destrutivo, está direcionada para um só objetivo, a fé, e claro, o bom relacionamento dos homens com Deus, levando-os ao afastamento e consequentemente à morte espiritual.
Infelizmente, são muitos os que estão adormecidos e nem se dão conta de como estão vivendo, estão cegos, surdos, mudos e mortos.
Vivem como os ossos ressequidos e que agora necessitam ouvir pela boca do profeta a palavra do Senhor. (Ez 37).

Criado à imagem e semelhança de Deus, o homem, após ter sua natureza decaída pelo pecado, porta de entrada para o sono espiritual, ele necessita agora voltar ao seu estado original. Deixar de ser informe e vazio, sair das trevas e encontrar-se com a luz do mundo. Embora criados livres e saudáveis, vivem cheio de enfermidades, presos aos grilhões do pecado, da miséria e da sexualidade desordenada.

"... Tu que dormes..." expressão usada pelo autor para designar áqueles que vivem satisfeitos com o pecado, tranquilos por permanecerem informes, entregues a lascívia e a todos os prazeres da carne. Mas, o que é ainda mais grave, é que não somente a estes, mas também aos que já se dizem levantados, acordados, que se dizem convertidos, mas são mestres de obras que edificam em meio a Igreja, as sinagogas dos não Judeus(Ap 2,9). Representam a "fumaça de satanás" que invadiu o templo santo de Deus. Os "Escribas e Fariseus hipócritas"(Mt 23,23). Estes também permanecem adormecidos e insistem em acreditar que sua condição é melhor do que a dos outros. "Sepulcros caiados"(Mt23,27).
Acordem Líderes, Pastores e Servos, vamos rever nossas ações, vamos desejar o abatimento interior, clamar pelas lágrimas do arrependimento para que sejamos lavados de nossas imundices, das verdades que professamos e não assumimos de coração. Acordem, eis que o tempo passa, e ainda estamos presos no mesmo sono. aos indiferentes, acordem, despertem da sua paralisia espiritual. Tomem atitude e saiam das bordas do abismo da perdição. Examinai suas ações e gritem pelo Santo de Israel.

Estamos no tempo favorável, e assim como aqueles que caminhavam uma região escura da morte, eis que agora brilhou uma luz. (Is9,2). É a voz do próprio Deus que agora nos chama:"DESPERTA, TU QUE DORMES", e ser despertado é enxergar os próprios pecados como Deus os ver. É cair em si, ser tomado pelo abatimento interior é acordar e reconhecer seu espirito decaído, sua forma atual, seu estado atual, seu pecado, suas misérias, seus atos e seu proceder. Invoca a teu Deus, ele virá em teu socorro para que não pereçais, e você o glorificará.(Sl 50,15). Levantai-vos vós que insistis em permanecer enganando-se, que acha que trilha o caminho da santidade, mas que na verdade resides tua alma nas profundezas da perdição, que imagina estás pronto para beber da taça que contém o "vinho novo" quando preparou-se tomar cálice que contém o furor de Deus. Caia em si e grite em alta voz: "Que devo fazer para ser salvo?" Sai, das bordas do abismo que hoje habitas. Faz uma reflexão e pergunta-te: como está tua alma? Ainda hoje estarias pronto a prestar contas da sua vida? Ou achas mais íntegro gritar para que sejas alcançado pela infinita misericórdia de Deus?

O Senhor hoje te chama. Quer que você seja hoje diferenciado em meio a essa geração má e adúltera. Geração corrompida e degredada.
Dai ouvidos à sua exortação. Acordem, ó sonolentos espirituais!
Despertem, revistam-se com o cinturão da verdade, a couraça da justiça, sapatos com zelo para propagar o evangelho, escudo da fé e a espada do Espírito (Ef 6,14).

Leave a Reply

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...