Questões de Fé - Parte 1

ABSOLVIÇÃO:
Jesus prometeu conceder o poder de perdoar pecados: Leia Mateus 16,19 - esse poder é dado primeiro ao apóstolo Pedro por ser ele o chefe dos Apóstolos.

Depois o mesmo poder é dado aos demais apóstolos, em comunhão com Pedro. Leia Mateus 18,18.

Jesus dá o poder de perdoar pecados logo após sua Ressurreição. Leia João 10, 22-23. O gesto de Cristo de soprar sobre os apóstolos antes de lhes dar o poder de perdoar pecados é prova de que somente os sacerdotes é que tem esse poder.



ADORAÇÃO:
Os católicos só adoram a Deus. Leia Mateus 4,10 - (Lucas 4,8).

É proibida a adoração das Criaturas de Deus - Exemplos: Leia Atos 10, 25-16; Apocalipse 19,10.

É permitido venerar - os gestos são os mesmos mas a pessoa reconhece que aquele que recebe a veneração não é Deus. Nesse caso não é adoração.

Exemplos: Leia Gênesis 33, 1-3; Números 22,31; 2 Samuel 14,22; I Reis 1, 16; 2 Reis 4, 36-37; I Crônicas 29,20.

A verdadeira adoração se realiza no nosso interior e não é um mero formalismo com suas exterioridades como aconteceu com os Judeus do tempo de Cristo. Leia João 4, 23-24 e veja que Cristo ensina que o culto da lei antiga está para ser cancelado e que o verdadeiro culto de adoração é aquele realizado conforme a vontade de Deus em estado de Graça Santificante.

ALMA:
Tem o mesmo sentido de Espírito - Leia-se I Reis 17,21; Jó 14,22; Mateus 10,28; 16,25. É errado dividir o ser humano em corpo, alma e espírito. Corpo e alma é o ser humano. Leia-se Gênesis 2,7 compare com Eclesiastes 12,7 e Mateus 10,28; I Coríntios 5,3; 7,34.

Cada ser humano possui uma alma individual e imortal. Leia-se Gênesis 15,15; 25, 8-17; 37,35; Deuteronômio 31,16; 1 Reis 2,10; Sabedoria 2,23; Mateus 10,28.

É heresia o ensino sobre a morte ou aniquilamento da alma. Leia-se Mateus 10,39; 16,25; Lucas 16,19 ss; João 12,25; Atos 7,59; 2 Coríntios 5,6-8; Filipenses 1,23.

A alma é de origem divina, está vinculada à geração natural.

É errado o ensino da pré-existência da alma, ou seja, de sua existência antes da união com o corpo.

É errado dizer que a alma é uma emanação, uma parte de Deus, como ensinam os rosacruzes, os gnósticos e os panteístas.

É portanto errado dizer que a alma é uma chispa divina, isto é, uma partícula de Deus.

É errado dizer que a alma é gerada pelos pais em seu ato "Criador". Nossos pais não nos transmitem um sêmen orgânico no qual existe uma partícula anímica e nem mesmo um chamado sêmen espiritual.

A verdade: cada alma é criada diretamente por Deus do nada no instante de sua união com o corpo. No momento exato da concepção. Leia-se Sabedoria 15,11; Eclesiastes 12,7; Hebreus 12,9.

É terrível heresia o que ensina os rosacruzes quando afirmam que a alma só entra no corpo com a primeira respiração quando o bebê sai do corpo da mãe.

Devemos procurar a salvação de nossa alma. Leia-se Mateus 6,33; 16,26; Lucas 10,41s; 12,18ss.

ALTERAÇÃO DO DECÁLOGO (10 mandamentos):

Pessoas sem cultura bíblica caluniam a Igreja dizendo que ela alterou o decálogo.

Não alterou porque nunca existiu essa numeração. Capítulos e versículos da Bíblia foram colocados pela Igreja Católica. A própria Bíblia mostra que não se preocupa com a ordem numérica dos mandamentos.

Leia e confronte Êxodo 20, 1-7 com Deuteronômio 5,6-21. Principalmente Êxodo 20,17 com Deuteronômio 5,21.

A tradição Judaica antiga revela que a divisão dos mandamentos variava.

A Igreja segue a divisão feita por Santo Agostinho. Para esse grande Santo, adorar a Deus e não adorar os falsos ídolos é um único e mesmo mandamento.

ANOS OCULTOS DE CRISTO:
A origem de mentiras e fantasias sobre a vida oculta de Jesus dos doze aos trinta anos, propagadas por espíritas, rosacruzes, etc., tem origem no Talmude (livro Sagrado dos Judeus).

Alegam que nesse período - dos doze aos trinta anos - Jesus viajou pelo Egito, India, Tibet e Japão, onde aprendeu ciências ocultas.

Pura fantasia! Não existe o menor indício de que Jesus tenha saído da Palestina.

Ele nada precisava aprender. Leia Lucas 2, 46-47 e compare com João 2, 24-25.

A Bíblia não revela tudo sobre o que Cristo fez ou ensinou. Leia-se João 20, 30 e 21,25.

Para se entender sobre esses "anos ocultos" leia-se Lucas 4, 14-16: - "Dirigiu-se a Nazaré onde se havia criado". Compare com Lucas 2,40.51.52.

ANJOS:
Todos os seres humanos têm um Anjo da Guarda. Leia-se Mateus 18,10; Hebreus 1,14; Êxodo 23, 20-21. Os anjos são mediadores entre nós e Deus, conforme Apocalipse 8, 3-4; Zacarias 1,12.

Devemos pedir o auxílio dos anjos. Leia-se Gênesis 48,16; Oséias 12, 4-5; Apocalipse 1,1.

ANTICRISTO: Vai surgir antes do fim do mundo. Leia-se 2 Tessalonicenses 2,3-7. Vê-se que trata-se de uma pessoa a aparecer antes do fim do mundo. Será médium de Satanás. A mediunidade é um perigo.

É também uma doutrina, um sistema. Todo aquele que nega que Jesus é Deus faz a obra do Anticristo. Leia-se I João 2, 22; 4,2-3 e 2 João 7. São João Evangelista apresenta o anticristo como um grande rei e tipificado por uma fera. Leia-se o capítulo 13 de Apocalipse. O anticristo haverá de perseguir a todos que crêem e professam que Deus se encarnou.

APÓCRIFOS:
É como as seitas chamam os livros deuterocanônicos e que são: Tobias, Judite, Sabedoria, Eclesiástico, Baruc e 1,2 Macabeus. Ainda partes de Ester e Daniel.

As seitas, em 1520, retiram da Bíblia esses santos livros. Nosso Senhor e os Apóstolos usaram esses livros em seus ensinos. Basta comparar: Lucas 14, 13-14 com Tobias 4, 7, 10-17; I Tessalonicenses 4,3 com Tobias 4, 13; Mateus 7, 12 com Tobias 4, 16: I Coríntios 10,9 com Judite 8, 224-25; Lucas 1,42 com Judite 13,23: I Coríntios 15,32 com Sabedoria 2, 6-7; I Coríntios 6,2 com Sabedoria 3,8; 2 Timóteo 3,12 com Eclesiástico 2,1-2; João 14,23 com Eclesiástico 2, 18-19; Hebreus 11, 35-37 com 2 Macabeus 6, 9-11.19; Hebreus 11, 33-34 com 2 Macabeus 8, 5-7. Poderíamos dar muitos exemplos. Bastam esses. Maior aprofundamento recomendamos ler o nosso livro: "Em Defesa da Fé".

APÓSTOLOS:
A palavra significa enviados. É aquele que é enviado por Deus com uma missão especial: proclamar que Deus se fez homem e está no meio de nós. Leia-se João 13, 16; 2 Coríntios 8,23; Filipenses 2,25. Cristo escolhe doze: Leia-se Marcos 3, 13-15; Lucas 6, 13-16.

Havia os apóstolos e havia dos discípulos. Foi dentre os discípulos que Jesus escolheu os apóstolos.

Enviados pelo Ressuscitado conforme João 20, 21; I Coríntios 9, 1; 15,7.

Para ser apóstolo teria que ter sido testemunha da Ressurreição do Senhor. Leia-se I Coríntios 15,7 e ter sido chamado por Ele para ser Sua testemunha. Leia-se Mateus 28, 19; João 20,21; Romanos 1,5; I Coríntios 1, 17.

São Paulo é chamado por Cristo que lhe aparece ressuscitado e recebe a missão de ser testemunha do Senhor. Leia-se Atos 9, 1-9; 9-27.

Os Bispos são legítimos sucessores dos Apóstolos. A sucessão está em razão da missão que os Apóstolos receberam.

O ensino é atribuição dos Apóstolos e que exigia a sucessão conforme I Timóteo 3, 15; 2 Timóteo 2,2.

Batismo, confissão, celebração da Eucaristia que se fará até a volta de Cristo, porque Nosso Senhor afirmou solenemente aos apóstolos: "Eis que estarei convosco até a consumação dos séculos". Mateus 28,20.

ASSUNÇÃO DE NOSSA SENHORA:
As seitas negam a ASSUNÇÃO DE NOSSA SENHORA pedindo que se prove pela Bíblia a veracidade ensinada pela Santa Igreja Católica.

Essa verdade está implícita na Bíblia como podemos ler em Gênesis 3,15, onde Deus fala de uma Mulher vencedora do demônio. 

 Essa Mulher é a Virgem Maria (conforme João 2, 4; 19, 26; Gálatas 4,4 e Apocalipse 12,1 ss). Para ser vitoriosa tinha que ser vitoriosa com relação ao pecado, daí sua IMACULADA CONCEIÇÃO e também com relação á conseqüência do pecado que é a morte. 

Cristo é as primícias dos que com Ele vencem a morte. Mais do que natural que seja a primeira - após o Cristo, a sua Mãe - a Segunda Eva. Favor comparar I Coríntios 15,20-23 com Eclesiástico 25,33 onde infere que Deus reconstitui a sua Nova Criação, onde a Virgem Maria - a Nova Eva - vence Satanás, o pecado, e a morte, no poder e nos méritos de Seu Filho. Apocalipse 12,1 e seguintes, onde se vê a Virgem Maria já gloriosa e vencedora do demônio.

BATISMO: É um sacramento - Leia-se Mateus 3, 11; 28,19; Marcos 16, 16; João 3,5; Atos 2, 38-41; 8,12; 19,5;22,16; I Coríntios 1, 14-17; João 3,22ss; 4, 1s. Regenera os ser humano (Eficácia): Romanos 6, 1-14; I Coríntios 12, 13;15;29; Galátas 3,26 s; Tito 3,5; Hebreus 6, 4ss; I Pedro 3,21.

Não foi por imersão, pois não havia rios em Jerusalém e as piscinas estavam nas mãos dos inimigos da Igreja. Leia Atos 2, 40-41.

Batismo de Crianças: 1 Coríntios 1, 16; Atos 10, 44-47; Atos 16, 14-33. Tudo conforme Atos 2, 38-39 "Arrependei-vos e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo par a remissão dos vossos pecados, e recebereis o Dom do Espírito Santo. Pois a promessa é para vós (adultos) e para vossos filhos (crianças)". Marcos 10, 14: o reino de Deus é das crianças e ninguém entra no reino de Deus a não ser pelo batismo (Jo 3, 3-5).

São Paulo fala também do batismo de crianças em Colossences 2, 11-14 (circuncisão: imagem do batismo). A circuncisão era realizada no oitavo dia de vida da criança.

Maiores detalhes leia o nosso livro "Em Defesa da Fé".

BÍBLIAS PROTESTANTES:
Faltam sete livros, a saber, Tobias, Judite, Sabedoria, Eclesiástico, Baruc, 1 e 2 Macabeus e partes dos livros de Ester e de Daniel.

Além disso há traduções imperfeitas, e as chamadas versões em linguagem de hoje, paráfrases, a Bíblia Viva, etc., são perigosas. A pior Bíblia vendida pelas seitas é a chamada Tradução Novo Mundo, editada pela Sociedade da Torre de Vigia - os chamados testemunhas de Jeová. É uma falsificação desonesta da Bíblia segundo os eruditos em Sagrada Escritura. É pecado comprar esta falsa Bíblia. Existem quase dois mil erros de tradução nessa falsa Bíblia das testemunhas de Jeová.

Nunca chame essas pessoas de testemunhas de Jeová. Chame-os de testemunhas de Russel ou apenas russelittas - Russel é o fundador dessa falsa religião. Eles não são cristãos. Cuidado com eles!

A respeito deles diz São João, o apóstolo: "a estes não recebais em vossa casa, nem o saudeis, porque quem os saúdam tomam parte em vossas obras más" (2 João 10,11). Eles negam que Cristo é Deus. Leiam nosso livro "Em Defesa da Fé", onde o assunto é tratado com mais detalhes.

BISPOS:
São chamados pelo Espírito Santo para guiar a Igreja Leia-se Atos 20,28. São sucessores dos Apóstolos. Leia-se Atos 1, 20-26.

São chamados para uma vida de maior dignidade. Leia Tito 1, 7; I Timóteo, 3,1ss.

São sucessores-representantes de Jesus Cristo. Leia-se I Pedro 2,25.

CELIBATO:
É lei da Igreja. Não dogma de fé. Não é preceito da lei positivo-divina.

O celibato - a virgindade - tem uma tríplice dimensão, a saber:

Dimensão cristológica : porque os vocacionados querem melhor e em tudo imitarem ao Seu Senhor que nunca se casou.

Dimensão eclesiológica: "... E há eunucos (aqueles que não se casam) que a si mesmos se fizeram eunucos por amor do reino dos céus (a Igreja). Quem puder compreender, compreenda". (Mateus 19,12).

Dimensão escatológica: "Estes são os que não se contaminam com mulheres, pois são virgens. São aqueles que acompanham o Cordeiro por onde quer que se vá; foram resgatados dentre os homens, como primícias oferecidas à Deus e ao Cordeiro". Apocalipse 14,4

São Paulo aconselha o celibato - I Coríntios 7, 1-8, 25, 32-25.38.

Receberão uma grande recompensa os que se mantiverem no celibato - Marcos 10, 28-29.

CÉU:
 Nossa felicidade plena e eterna está no Céu e não na Terra. 2 Coríntios 4, 18 - 5, 6-8. São Paulo aqui fala para todos os que haverão de se salvar e não apenas para 144.000 pessoas. Hebreus 6, 19-20; Filipenses 3, 20-21; Gálatas 4, 26; Hebreus 12, 22-23; Mateus 6, 19-20; Mateus 19, 21-23; 2 Timóteo 4, 18.

O céu é ver Nosso Senhor Jesus Cristo, face a face. É estar com Ele: I João 3,2; João 17,24; Mateus 5, 8; I Coríntios 2,9; 13, 12. Leia ainda João 14, 2-4; Mateus 5, 11-12; Filipenses 1, 23-24; I Tessalonicenses 4, 15-18; I Pedro 1, 3-4.

É uma triste heresia dizer que apenas 144.000 gozarão da felicidade do Céu. É uma interpretação errada do Apocalipse 7,4..

Só as criancinhas inocentes que já morreram é em muito maior número que 144.000. Leia Marcos 10,14. O número 144.000 é simbólico.

COMUNHÂO:
Pode ser sob uma só espécie - Lucas 24, 30-31; Atos 2, 42; 20,7; I Coríntios 10, 16-17; Também em I Coríntios 11,27," ... comer o pão ou beber o cálice do Senhor". Ainda em João 6, 51-57.58. Ver ainda Eucaristia e Missa.

CONCÍLIOS:
São assistidos pelo Espírito Santo quando realizados em nome de Cristo e convocados ou autorizados pelo Papa. Mateus 18,20 - Atos 15, 6.7.12.28.

As decisões do Concílio devem portanto ser fielmente observadas por todos os fiéis. Atos 15,40 e 16,4.

CONFIRMAÇÃO:
Sacramento do Crisma instituído por Cristo. Atos 8, 15-17; 19, 6;2 Coríntios 1, 21-22; Hebreus 6, 1-2; Efésios 1, 13-14; I João 2, 20-27. É como lemos nessas passagens, pela imposição das mãos do bispo ou por presbítero por ele autorizado que recebemos o Sacramento do Crisma.

144.000 ELEITOS:
Os russelitas (erroneamente chamados de testemunhas de Jeová) afirmam que somente 144.000 eleitos irão para o céu. Interpretam mal o Apocalipse 7, 4. O fundador dessa seita era homem desonesto e conhecia muito pouco da Bíblia. Por sua desonestidade foi levado ao tribunal de justiça.

Vamos mostrar pela Bíblia que não é verdade que só 144.000 irão para o céu. Leia João 17, 24; 14, 2-4; Mateus 5, 11-12; I Pedro 1, 3-4; I Tessalonicenses 4, 15-18.

Não se fala em apenas 144.000. Se o Apocalipse 7, 4 deve ser entendido ao pé d letra os 144.000 serão só Judeus. Pena que as seitas não lêem os versículos que vem antes e nem depois, pois o versículo 9 onde fala dos 144.000 é mais uma multidão de Santos. 144.000 se referem apenas àqueles que guardaram a virgindade.

CONFISSÃO:
É anunciada já no Antigo Testamento - Números 5,6-7; Eclesiástico 3,4; 4,31; Neemias 9, 1-2; Provérbios 28, 13.

No tempo de João Batista havia confissão pública - audível portanto - Mateus 3,6. Era tudo no entanto um sacramental. Cristo tomou a confissão um sacramento. Atos 19, 18; Tiago 5, 16; 1 João 1,9.

O sacramento está claro em Mateus 18,18; João 20, 22-23.

A confissão em ação no Novo Testamento: 2 Coríntios 5, 18-21; 6,1.

Aos bispos, Cristo confiou os mistérios de Deus. Veja o verbete Absolvição.

CRUZ:
É sinal do Cristão verdadeiro. Cristo foi crucificado em uma cruz. Prova: Tomé quer ver os sinais dos pregos nas mãos do Senhor. O plural pregos revela uma cruz como nós conhecemos e não estaca como afirma a heresia russelita (erroneamente chamadas de testemunhas de Jeová).

Nós devemos nos gloriar da cruz de Cristo. Gálatas 6, 14. Também em razão de Romanos 6, 6-8; Efésios 2, 14-16; Colossences 2, 14-15.

O uso do sinal da cruz na Bíblia: Ezequiel 9,4; Apocalipse 7,3; o selo é igual ao do Filho Homem conforme Mateus 24,30.

O livro de Apocalipse fala desse sinal dos eleitos.

A grande maioria das seitas no Brasil não usa a cruz devido à proibição havida no tempo do Império, quando a maçonaria exigiu a abertura das "igrejas" protestantes no Brasil.

Para não confundir o povo eles foram autorizados a construírem seus templos, porém sem cruz e sinos. Nos Estados Unidos essas seitas possuem cruzes e sinos.

CULTO AOS SANTOS:
É legítima e muito proveitosa a veneração e a inovação dos Santos. A base bíblica do culto aos Santos é a mesma para o culto aos anjos. João 5,4; Daniel 8, 15-17; Tobias 12, 16-22; e porque os anjos contemplam a Deus, Mateus 18,10 assim como os santos contemplam face a face o seu Senhor no céu, como nos ensina I Coríntios 13, 12; I João 3,2; 2 Macabeus 15, 11-16.

A comunhão dos Santos é fundamental para se entender a realidade desse culto. Faça um estudo sobre 2 Coríntios 5, 6-10; I Coríntios 12, 12-30; Romanos 8,35.

O Novo Testamento traz o relato da intercessão dos Santos em nosso favor. Apocalipse 8, 3-5; Hebreus 12, 22-23.

DEMÔNIOS:
São anjos caídos, isto é, que em seu pecado rebelaram-se contra Deus. Tornaram-se maus por própria culpa.

A existência é reconhecida por Cristo: Mateus 12,27-28; Mateus 8, 28-32; Mateus 10,8; Marcos 16,17.

Reconhecida a existência desses seres malignos pelos setenta e dois: Lucas 10,17. Também pelo Apóstolo em I Coríntios 10, 20-21; I Timóteo 4,1; Atos 16, 16-18; Tiago 2,19.

DIVINDADE DE CRISTO:
Que Cristo é Deus Eterno, da mesma substância do Pai e do Espírito Santo não há dúvidas. Só os hereges - aqueles que haverão de se condenar é que negam essa maravilhosa verdade.

Os nomes divinos dados a Cristo na Bíblia provam a sua divindade. Leia Hebreus 1,8; João 20,28; 1, 18;5,20; Romanos 9,5; Tito 2,13; Mateus 16, 16-17; Mateus 27, 40043; Marcos 14, 61-62; Lucas 22, 70; Jordão 5,25; 10, 30-38; 11, 4; Mateus 8,29; Apocalipse 1,17 comparar com Isaías 41, 4; Isaías 44,6; Apocalipse 22, 12-13.15; Apocalipse 1,8; Atos 3,14; Oséias 11,9; Atos 9,17; Atos 16,31; Lucas 2,11; Atos 4,33; Atos 10,36; I Coríntios 2,8; Salmo 23, 8-10; Isaías 9, 5-6; Hebreus 1,8.

Pelo culto de adoração prestado a Jesus se prova sua deidade. Mateus 4,10; Atos 10, 25-26; Apocalipse 22, 8-9; Atos 12, 20-25; 14, 14-15.

Cristo aceitou ser adorado e estimulou essa adoração: João 13,13; Mateus 14,33; Lucas 24,52; João 4,10; Lucas 5,8; João 20, 27-29; Hebreus 1,6; Filipenses 2,10-11 comparar Isaías 45, 21-23; João 5, 22-23; I Coríntios 1, 2;2 Coríntios 12, 8-10; Atos 7,59.

Pelos atos divinos que a Bíblia atribui a Jesus Cristo: João 1,3; Hebreus 1,10; Apocalipse 3,14; Colossenses 1,16; Hebreus 1,3; Colossenses 1,17; Marcos 2, 5.10-11; Marcos 2, 5-11 comparar Salmo 50, 3-4; Lucas 7, 48-50; Filipenses 3, 20-21; João 5, 25-29; 6, 39-44; 2 Timóteo 4,1; Atos 17,31; Mateus 25,31-33; João 5, 22-23; João 17,2; João 10,28.

O Senhor Jesus é o Deus Javé do Antigo Testamento. Comparar: Salmo 101, 24-27 com Hebreus 1, 10-12; Isaías 40, 3-4 com Lucas 1, 68-60.76; Jeremias 17,10 com Apocalipse 2,23; Isaías 60,19 com Lucas 2,32; Isaías 6, 10 com João 12, 37-41; Isaías 8, 13-14 com I Pedro 2,7-8; Isaías 8, 12-13 com I Pedro 3, 14-15; Números 21, 6-7 com I Coríntios 10,9; Salmo 22, 1 com João 10,11; I Pedro 5,4; Hebreus 13, 20-21; Ezequiel 34, 11-12 com Lucas 19, 10;2 Coríntios 13,13:I Tessalonisences 3,11; I Coríntios 12, 4-6; João 14,23; Romanos 1,7; Tiago 1,1;2 Pedro 1,1; Colossenses 2,2; Mateus 28, 19; João 17,3;14,1; Apocalipse 7, 10;5,13.

DIVINDADE DO ESPÍRITO SANTO:
A Bíblia é clara ao afirmar que o Espírito Santo é Deus Eterno.

Aqueles que negam sua divindade não salvar-se-ão. Ele é Um com Deus co-igual, co-eterno e da mesma substância do Pai e do Filho.

É heresia, é um erro grave dizer que o Espírito Santo é uma força ativa, invisível de Deus.

Prova de que o Espírito Santo é Deus: É uma Pessoa (e não mera energia): compara I Coríntios 2,10-11 com Isaías 11,2; Efésios 1,17; Romanos 8,27;1 Coríntios 2,13; Efésios 4,31, Romanos 15,30; 1 Coríntios 12,11; Atos 16, 6-10.

Pelos seus atos divinos: João 14,26; João 15,26; Romanos 8, 14-16; João 16, 7-8; Gênesis 6,3; Atos 8, 29-39; 13, 2-4; Romanos 8,26.

Leia ainda para outras provas: Atos 10, 19-21; 5, 3-4; 7,51; Efésios 4,3; Salmos 50,13; Mateus 12,31; Hebreus 10,29; 2 Coríntios 3,18 (Ele é o Senhor); Hebreus 9,14 (Ele é Eterno); Salmos 138, 7-10 (Ele é Onipresente); Lucas 1, 35 (Ele é Onipotente); I Coríntios 2, 10-11 (Ele é Onisciente); Jó 33,4 e Salmos 103,30 (Ele é Criador); Romanos 8,11; João 6,63; Gênesis 2,7; João 3, 5-8; Tito 3,5 e Tiago 1,18 (Ele é Autor da vida física e espiritual); 2 Pedro 1,21 e 2; Samuel 23, 2-3 (Ele é o Autor da Profecia Divina).

Ele é o Javé do Antigo Testamento: Isaías 6, 8-10 comparar com Atos 28, 25-27; Êxodo 16,7 comparar com Hebreus 3, 7-10. Apenas mais uma prova: pela Associação do nome do Espírito Santo com os nomes do Pai e do Filho - Mateus 28, 19; I Coríntios 12, 4-6; 2 Coríntios 13,13.

EUCARISTIA:
O ponto mais alto da Fé Católica. Maravilhosa verdade. É a presença de Cristo com seu corpo, sangue, alma e divindade. Crida e ensinada desde o início da Igreja. Sacramento instituído por Cristo, na Quinta-Feira Santa. É para realizar diariamente pela Igreja até que Cristo volte.

Prometido por Cristo: João 6,22-69. No versículo 27 lemos "... vos dará". É um alimento espiritual que será dado no futuro. Se fosse um Símbolo apenas de sua Palavra o verbo dar não estaria no futuro, mas no presente. "... vos dá "pois Ele já estava dando a Sua Palavra. E se fosse também comer como significando crer Nele o verbo estaria no presente pois Ele exigiu, desde Sua revelação o de crer Nele.

Cristo institui a Eucaristia: Mateus 26, 26-28; (Marcos 14, 22-24; Lucas 22, 19-20); João 13, 1-4; 18-30.

Prática diária da Eucaristia: I Coríntios 11, 23-32; Atos 2,42.46s; 20.7. Figurada no Maná: Êxodo 16, 13-36; Sabedoria 16, 20 comparar com João 6, 31.32.49.50.58.

São Paulo em I Coríntios 11, 23-24 mostra a identidade real entre o pão e o corpo que será entregue à morte. Aí está a doutrina da transubstanciação, isto é, a mudança do pão no corpo de Cristo.

Profecia: Malaquias 1,11.

Efeitos maravilhosos que operam nos fiéis através da Eucaristia: Leia João 6, 50-58.

FÉ E OBRAS:
A verdadeira Fé é necessária par a Salvação: Marcos 16,16; João 3, 18;11, 26; Romanos 10,11; Hebreus 11, 6-7.

A Fé sem obras é morta: Tiago 2, 14-17; 2,25; Gálatas 5,6.

O valor das obras: Gênesis 4,7;22,16-17; Salmo 17, 21; Mateus 5, 11-12; Mateus 10,42; 16,27; Romanos 2, 6; Efésios 6,8; I Timóteo 6, 17-19.

A Fé não supõe a certeza absoluta de salvação e estar em estado de Graça: Romanos 11,22; I Coríntios 9, 27. As seitas possuem uma confiança (fé fiducial) condenada por I Coríntios 9,27. Leia ainda I Coríntios 10,12; Filipenses 2, 12-13; Apocalipse 3,2; Romanos 2,13.

Lembre-se: o demônio também crê e treme.

Fé sem Obras e Obras sem Fé não valem nada. Mateus 7,21ss.

FESTAS:
Algumas seitas heréticas dizem que é pecado fazer festas ou delas participar. Aconselham a não irem a festas e assim não gastarão o dinheiro nelas. Assim os chefes dessas seitas logo metem as mãos nesse dinheiro. Usam erroneamente certos versículos da Bíblia e tiram textos fora do contexto por puro pretexto.

A Bíblia menciona muitas festas: Salmo 80; 41,5. Jesus quando menino era levado todos os anos à Grande Festa da Páscoa, em Jerusalém. Quando adulto participou de Festas; Lucas 2, 41-43; João 11, 56;12, 12-13.20;7,8-14;2,13;5,1;10,22;12,1;13,1;18,28;19,42. Só estes textos para não prolongar. Cristo era um homem cheio de alegria que irradiava alegria. Gostava de participar de almoços, jantares. Gostava de beber um bom vivo com seus amigos. Era verdadeiramente espiritual.

São Paulo fala das festas cristãs: I Coríntios 5, 7-8.

O verdadeiro católico gosta de festas. Fazemos Festas não para nos alegrarmos, mas sim porque já somos alegres. Todo Santo é cheio de alegria.

Minha mãe, um dia, quando eu ainda era menino me disse: "Meu filho, cuidado com aqueles que não sabem rir e nem chorar. Não são verdadeiramente humanos".

FIM DO MUNDO:
As seitas gostam de falar sobre o fim do mundo, como se ele estivesse prestes a acontecer. É a teologia do medo. Nós católicos amamos a vinda do Senhor. Todo os dias e em todas as missas repetimos (logo após o "Eis o Mistério da Fé"): "Vinde Senhor Jesus".

Quanto ao dia e a hora ninguém sabe (Mateus 24, 36).

Não existe o tal Milênio (2 Pedro 3,8). Não devemos ter medo (2 Tessalonicenses 2, 1-12). Cuidado com os boatos, falsas profecias, etc.

Coisas que devem acontecer antes do fim do mundo:

Pregação do Evangelho em todo o Mundo (Mateus 24, 14; Marcos 13,10; Atos 1,8). Atualmente quase 2 bilhões de pessoas não conhecem a Cristo e sua Igreja. Vamos evangelizar é o apelo do Novo Testamento, é o clamor do Papa João Paulo II;

Conversão das Nações - Romanos 11,25;

Conversão de Israel (povo Judeu) - Romanos 11, 26-29. Rezemos e evangelizemos o povo Judeu.

Abandono da Fé e aparecimento do Anticristo - 2 Tessalonicenses 2,3; Lucas 18,8.

Agitações Sociais e Cósmicas na Terra - Mateus 24, 6-8.

Quando? Leia I Tessalonicenses 5, 1-2; Mateus 24, 27.

Cristo voltará isso é certo. Cada um de nós vai morrer um dia.

O leitor está preparado? Há quanto tempo não se confessa e recebe o dom da vida eterna na Eucaristia

Leave a Reply

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...