UMA PESSOA HOMOSSEXUAL PODE SER SANTA?




“A própria Igreja reconhece que uma pessoa com tendência homossexual pode ser santa. Homofobia seria dizer ‘a santidade é só para os héteros’” estas são palavras de padre Paulo Ricardo em entrevista ao Destrave no especial deste mês sobre a ideologia de gênero. Segundo o sacerdote é muito importante ter claro que a Igreja não rejeita a pessoa homossexual e sim os atos de homossexualidade.

Confira abaixo um trecho da entrevista (obs: transcrevemos apenas um trecho da entrevista. As respostas na íntegra você pode conferir no vídeo)

Destrave: muitas pessoas rotulam a Igreja de ‘homofóbica’ por ela não aceitar os atos de homossexualidade. O que dizer sobre isto?


Pe. Paulo Ricardo: Não existe nenhuma homofobia em considerarmos a estrutura do mundo real. A estrutura do mundo real diz o seguinte: não existe nenhum modo de haver uma união genital entre duas pessoas do mesmo sexo. O cardeal Ratzinger, quando ainda prefeito da Sagrada Congregação para a Doutrina da Fé, assinou um documento no qual dizia que nenhuma ideologia – no caso aqui a ideologia gay – será capaz de mudar a estrutura da realidade. Então eles podem repetir quanto quiserem, mas da união entre duas pessoas do mesmo sexo não sai vida e a união entre um homem e uma mulher gera vida. Esta é a estrutura do mundo real.
Então a primeira coisa que nós devemos considerar é isto: a atração por uma pessoa do mesmo sexo é uma desordem. Eu vou chamar esta pessoa de doente? Não! Mas também não posso dizer que esta tendência está de acordo com o plano natural da criação.

Destrave: muitos falam que a igreja deve evoluir na sua visão de mundo e que seu discurso é imcompativel com os tempos modernos. O senhor acredita que algum dia a Igreja irá rever a sua posição em relação à homossexualidade?

Pe. Paulo Ricardo: É preciso antes distinguir a pessoa homossexual do mvimento gay. Homossexual é a pessoa que tem atração por outra do mesmo sexo. O gay é uma pessoa que assumiu uma postura política, ele é um militante. Nós católicos queremos acolher todos os homossexuais que estejam dispostos a renunciar ao gayzismo, porque este sim é imcompatível com a moral cristã. A doutrina cristã diz que ser homossexual é carregar uma cruz como todos nós temos uma para carregar. O próprio Catecismo da Igreja Católica diz isto, que o homossexual é chamado a carregar a sua cruz e caminhar para a santidade.

Fonte: Destrave CN

Leave a Reply

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...