Papa Franscisco recebe presidente Obama


O Presidente dos Estados Unidos foi recebido nesta quinta-feira de manhã em audiência pelo Papa Francisco. Esta é a primeira vez que Barak Obama encontra o Papa latino-americano, pois na Missa de início do pontificado de Francisco, os Estados Unidos estavam representados pelo vice-presidente Joe Biden. Mas é a segunda vez que o chefe de Estado americano vem ao Vaticano. A primeira vez foi a 10 de Julho de 2009 quando foi recebido pelo Papa Bento XVI.


De qualquer modo, este foi o 28º encontro dum Presidente dos Estados Unidos com o Chefe da Igreja Católica. Barak Obama é o 12º Presidente daquele país norte-americano a fazer uma visita oficial ao Vaticano. O primeiro foi Woodrow Wilson, que lançou a ideia da Sociedade das Nações e que foi recebido pelo Papa Bento XV a 4 de Janeiro de 1919, depois do fim da Primeira Guerra Mundial.
A sucessiva audiência a um Chefe da Casa Branca viria a acontecer 40 anos depois, sob o pontificado de João XXIII, que recebeu o Presidente Eisenhower a 6 de Dezembro de 1959. Seguiu-se a audiência do Papa Paulo VI a John Kennedy, primeiro Presidente católico dos Estados Unidos, a 2 de Julho de 1963. O Papa Montini viria a receber sucessivamente no Vaticano outros três Presidentes: Lyndon Johnson (que tinha já encontrado em 1965 por ocasião da sua visita à ONU) a 23 de Dezembro de 1967; Richard Nixon, duas vezes: em 2 de Março de 1969 e a 29 de Setembro de 1970; e, por fim, Gerald Ford, a 2 de Junho de 1975.

Numerosas as audiências de João Paulo II aos Presidentes americanos durante o seu longo pontificado. O primeiro foi Jimmy Cárter, recebido a 21 de Junho de 1980, depois do encontro na Casa Branca em 1979. Duas as visitas de Ronald Reagan, sob cuja presidência a Santa Sé e os Estados Unidos estabeleceram relações diplomáticas ao mais alto nível, a 10 de Junho de 1984: a 7 de Junho de 1982 e a 6 de Junho de 1987. Seguiram-se as duas audiências a Jorge Bush Sénior, a 27 de Maio de 1989 e a 8 de Novembro de 1991 e a de Bill Clinton a 2 de Junho de 1994.

George Bush Júnior foi recebido pelo Papa Wojtyla três vezes: a 23 de Julho de 2001 (em Castel Gandolfo), a 28 de Maio de 2002 e a 4 de Junho de 2004, quando entregou ao Pontífice a Medalha Presidencial da Liberdade. Duas as suas visitas ao Vaticano sob o pontificado de Bento XVI: a 9 de Junho de 2007 e a 13 de Junho de 2008, depois do encontro de 15 e 16 de Abril em Washington, no início da visita pastoral do Papa aos Estados Unidos.

A visita de Obama, que por ocasião da sua primeira visita em 2009 tinha recebido, como presente, do Papa Bento XVI a Instrução da Congregação para a Doutrina da Fé “Dignitatis Personae sobre algumas questões de Bioética”, enquadra-se numa fase complexa das relações da actual Administração com a Igreja dos Estados Unidos marcada, de modo particular, pela controvérsia sobre a aplicação da reforma sanitária (Il Patient Protection and Afordable Care Act”), na parte relativa às regras sobre a obrigação de cobertura sanitária do aborto e dos meios anticoncepcionais e de outras questões no centro do debate publico no país, como a legalização dos matrimónios homosexuais.

Leave a Reply

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...